21.10.2016

Impressões Digitais

Como a arquitetura ajuda no ambiente de trabalho

Quando trabalhamos com projetos que envolvem criatividade, somos muito afetados pelo ambiente físico no qual estamos. Conforto, motivação e produtividade são essenciais para que qualquer empresa trabalhe com qualidade e seja competitiva.

Escritórios como os do Google ou do Facebook, modernos, coloridos e com layout aberto, são muito legais e enchem os nossos olhos. No entanto, ter um escritório tão legal não precisa ser mérito apenas das empresas gigantes internacionais. Arquitetura e informalidade no ambiente de trabalho podem andar juntas, não importa o porte ou a localização da empresa.

Empresas mais jovens, principalmente start ups, tendem a promover um ambiente mais informal para seus funcionários, buscando incentivar a comunicação, a colaboração e o compartilhamento entre as pessoas na busca de soluções criativas, o que pode não só melhorar os relacionamentos interpessoais dentro da empresa, como também aumentar a produtividade.

É muito comum que os funcionários passem mais tempo no trabalho do que em qualquer outro lugar. Nada mais justo, portanto, do que oferecer a eles um ambiente inspirador e dinâmico. Nos últimos anos, aprofundou-se a tendência de derrubar portas, paredes, divisórias e quaisquer outros obstáculos à livre circulação de ideias num escritório.

Ter um escritório adaptado ajudará não só a organizar o ambiente geral da melhor forma, como também atenderá as necessidades individuais de cada funcionário. Assim, o colaborador recebe um espaço personalizado, funcional e inserido em um local bem decorado, incentivando-o não só a desenvolver suas atividades de forma criativa, mas também a se divertir enquanto trabalha, o que é fundamental para que o funcionário permaneça na empresa.

Uma pequena ou média empresa pode fazer pequenos investimentos de tempo e dinheiro para tornar seus espaços mais modernos. A seguir, confira algumas ideias.

 

Foto: http://bpando.org/2012/01/18/branding-attido/

 

Foto: http://studio.kinja.com/behind-the-scenes-how-sony-musics-stunning-typographi-450768748

 

Isolamento para quem precisa

Um estudo recente feito pela Universidade Cornell, de Nova York, mostrou que os trabalhadores expostos ao nível de barulho de um escritório aberto apresentam níveis de adrenalina mais altos que o normal — uma resposta do organismo ao estresse. O que algumas empresas fazem para contornar esse problema é dividir o escritório em duas grandes áreas.

Foto: http://www.templo.cc/gavea/

O espaço de coworking Templo, no Rio de Janeiro, tem uma parte descontraída, com churrasqueira, jardim, piscina e pessoas que conversam animadamente em rodas de bate-papo. Mas também tem outra mais silenciosa, própria para tarefas que exigem concentração e disciplina.

Ambientes multifuncionais

Com o metro quadrado custando cada vez mais caro, não faz muito sentido deixar cômodos ociosos no escritório. Para quem trabalha em uma aceleradora ou em coworking, a sala de reuniões, por exemplo, não serve só para fazer reunião. Na 21212, a mesa dessa sala é uma mesa de pingue-pongue, que serve para entretenimento nos horários em que nenhum encontro de trabalho está marcado.

Comunicação visual

A comunicação visual transparece os valores e ideias de uma empresa no seu ambiente. Seja para quem a visita como para quem trabalha todos os dias. Para diferentes serviços, existem várias maneiras de aproveitar os espaços. Tudo isso com o objetivo de formar lugares que expressem as suas funções.

 

Relacionados